Não se ensina filosofia. Na verdade o que se ensina é o outro a filosofar

01. O filósofo Emanuel Kant, defendia a tese que não se ensina filosofia. Na verdade o que se ensina é o outro a filosofar.

Com base nesse pensamento, faça um rápido comentário, explicando porque a filosofia pode ser entendida como uma postura diante da realidade?

02. O homem é um ser inacabado. Que aspectos você apontaria para demonstrar esse inacabamento?

Em contrapartida à celebre frase de Emanuel Kant: “Não se ensina filosofia. Na verdade o que se ensina é o outro a filosofar”, há os que dizem: “Ensinar a Filosofia consiste em informar a pessoa sobre a evolução do pensamento filosófico no decorrer dos tempos, as escolas, os pensadores etc. Ensinar a filosofar consiste em educar a pessoa para o raciocínio, em busca das verdades primeiras.” Diriam até que se ensina muita filosofia, e no final do curso, a maioria torna-se especialista em algum filósofo, em alguma escola de filosofia ou em alguma época, poucos podem se dar ao luxo de subir à categoria de filósofo ou filósofa.

Quanto ao mais importante, concorda-se com Kant, o mais Importante é ensinar as pessoas a filosofar, a criar suas questões sobre qualquer tema, analisar e dar seu ponto de vista, tendo em vista a busca pela verdade.

Mas afinal, a filosofia pode ser entendida como uma postura diante da realidade? Tanto pode, como deve. O homem já não sonha mais, não questiona, vive refém de um mundo de vida light, da comodidade, muitas vezes acreditando que passividade seja sinônimo de bondade, olhando quase sempre com maus-olhos aos que questionam, investigam e buscam por verdade. Considerando esses aspectos, faz se necessário e com urgência cada um de nos, enquanto seres pensantes, assumirmos uma postura filosófica.

Mas há verdades incontestáveis? Certo filósofo diz em uma de suas canções que não é preciso uma verdade nova, uma aventura, para encontrar nas luzes que se acendem um brilho eterno.

Há mentiras camufladas de verdades que precisam ser revistas, isso, sem dúvida. E há sim também verdades. Por isso mesmo é que todos nós devemos descobrir o valor da filosofia e do ato de filosofar.

Na verdade todo ser humano é um filósofo, visto que a capacidade de raciocinar já o faz um ser pensante, reflexivo, portanto, um filósofo. Simples desafios do dia a dia tais como: Que roupa eu vou vestir? Que caminho vou seguir? Qual cardápio vou preparar?, passam pela lógico do pensar, deste modo, são atos filosóficos. Esse ato de filosofar, mesmo em simplicidade, atuado pelo ser humano concorrem para que ele repense suas ideias, reflita e consequentemente, mude. Essas e todas as outras reflexões do homem são combustíveis para a mudança.

O ato de pensar faz do homem um ser inacabado, ávido de mudanças. Raul Seixas foi um grande filósofo, questionador da realidade, cuja ele não aceitava com todos os seus paradigmas de certeza: “Prefiro ser essa metamorfose ambulante a ter aquela velha opinião formada sobre tudo. Eu quero dizer agora, o oposto do que eu disse antes”.

Acredito que o homem, com sua capacidade de raciocinar está condicionado a ser essa metamorfose ambulante. Inacabado porque pensa. Pensa, logo existe. Pensa, logo conclui que nada sabe, embora sabendo muito.


Anúncios
Esse post foi publicado em Estudando Mais, Filosofia, Filosofia da educação e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s